Prefeitura mantém contraproposta de reajuste em 10% e cesta de R$ 150

O Sindicato e a Comissão de Servidores estiveram reunidos com o prefeito Marcos Neves, na última quarta, dia 2. Retomamos o diálogo a respeito da Pauta de Reivindicações da categoria. Havíamos solicitado a revisão do índice “oferecido” pela Administração. Porém, não houve retorno positivo. A porcentagem de reajuste permanece em 10%. A única diferença é a divulgação da posição de outras demandas dos Servidores.

O RETORNO DA PREFEITURA FOI O SEGUINTE:

  • 10% de reajuste nos salários (sem alteração da proposta anterior);
  • Reajuste da cesta-básica, de R$ 130 para R$ 150 (15%);
  • Aumento do limite (teto salarial) para recebimento da cesta – de R$ 3.200 para R$ 3.600;
  • Adequação dos vencimentos ao mínimo nacional (R$ 1.212) aos Servidores com salários abaixo deste valor.

JESSÉ COMENTA:

Sempre fizemos uma Campanha Salarial com o pé no chão. Nossa Pauta de Reivindicações solicita, basicamente, o repasse da inflação dos últimos anos, reajuste nos benefícios e melhorias setoriais. Não temos ilusão de resolver tudo apenas em uma negociação. Mas seu resultado precisa ser efetivo, ou seja, atender demandas concretas. Vamos deliberar e aguardar a próxima reunião para divulgar uma posição”.

Um comentário em “Prefeitura mantém contraproposta de reajuste em 10% e cesta de R$ 150

  • 4 de março de 2022 em 17:33
    Permalink

    Uma duvida, os servidores que recebiam abaixo do mínimo também contarão com o reajuste de 10%, ou somente terão seus salários reajustados ao mínimo sem nenhum aumento real?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *