Nova edição do jornal do Sindfusmc destaca ação na Justiça contra reajuste de 25%

A nova edição do Informativo Sindfusmc já está disponível para o Servidor. O jornal aborda o pedido de antecipação de tutela para a Justiça exigir a reativação do plano de saúde dos mais de 500 Servidores afetados pela atitude hostil e desumana da Ameplan. A operadora de forma arbitrária e sem qualquer tipo de negociação quer aplicar 25% de reajuste na mensalidade. Nós somos contra, em especial neste momento tão difícil pelo qual toda população atravessa.

ENTENDA

O Sindicato repudia a atitude da operadora de saúde Ameplan em praticar um índice de reajuste de 25%. Não aceitamos a prática deste absurdo no ano em que MENOS utilizamos o plano. Desde abril de 2020, centenas de procedimentos foram adiados e cancelados por conta da pandemia do novo Coronavírus. E ainda assim, querem nos fazer engolir “goela abaixo” mais este golpe. Reagimos e negamos praticar este índice. Continuamos a pagar, EM JUÍZO, os valores sem aplicação dos 25%.

Isso se faz necessário devido ao não acordo entre as partes para aplicação de reajuste. Ou seja, em nenhum momento deixamos de pagar o convênio. Porém, não aceitaremos esse imenso ônus ao trabalhador, que com grande sacrifício consegue manter o benefício para si e para seus dependentes.

Nossa advogada, Dra. Roseli Ramos, ingressou com um pedido de antecipação de tutela para a Justiça exigir a reativação do plano dos mais de 500 Servidores afetados pela atitude hostil e desumana da Ameplan. O mais triste é isso acontecer em desencontro com as orientações dadas pela ANS (Agência Nacional de Saúde), que inclusive suspendeu reajustes em 2020. Uma coisa é certa: calados nós não iremos ficar!

LEIA A EDIÇÃO 197 NA ÍNTEGRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *